Brincadeiras de Criança

Brincadeiras de Criança

Vem criança, vem brincar
Esqueça o robô de pilha,
As bonecas maquiadas,
As roupas de Cinderela.

Faça pilhas de alegria,
Só brincadeiras sadia
Faça a roda da harmonia
Vem correndo, vem brincar.

Televisão não é brinquedo,
Assista com moderação.
Muitos jogos eletrônicos
Esvaziam a atenção.

Vem criança andar descalça
Sentir a grama macia.
O cheiro da terra molhada
O canto da passarada.

Vem criança, vem brincar,
Com carrinhos de madeira.
Muitas bonecas de pano
Guizos e pandeiros de fitas.

Vem criança, vem nadar,
Nas águas do manso riacho.
Pisar nos seixos cantantes,
Se integrar na natureza.

Viva criança vem correndo,
Viver a doce e livre infância.
Descobrir as brincadeiras,
Que ficarão nas lembranças


                                      

(Ana Stoppa)

 

Copyright©2012. Todos os direitos reservados
Vedado copiar, distribuir, exibir, executar, criar
obras derivadas, nem fazer uso comercial desta obra
sem a permissão da Autora.

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!