A Florzinha Bailarina

A Florzinha Bailarina

O palco é a verdejante mata
Como público o azul do céu
Sozinha dança a florzinha
Em busca de amiguinhos

 

Acorda todas as manhãs
Diz bom dia ao astro Sol
Agradece as verdes matas
Dança para a passarada

De tanto dançar sozinha
Um dia acordou tristonha
Chamou sua fada madrinha
Veio à fadinha Nininha

Para que tanta tristeza
-Diz Nininha com doçura
Você é uma linda flor
Uma meiga criatura

Fadinha não quero mais
Ficar no campo sozinha
Quero viver num jardim
Com as outras florzinhas

Sei que sou boa bailarina
Mais de nada adianta isso
Se não tenho amiguinhos
Preciso de um  jardinzinho

Nininha a doce fadinha
Ficou com pena da flor
Tratou   logo de  arrumar
Um lindo jardim florido

Escolheu o mais bonito
Banhado por um riacho
Levou com muito cuidado
A florzinha para morar

Chegando à nova casa
As florzinhas  aplaudiram
Dona rosa jogou pétalas
O jasmim muito perfume

A florzinha bailarina
Dançou feliz no jardim
Agradeceu a acolhida
Ficou muito agradecida

Hoje mora em um jardim
Cercada dos amiguinhos
Agradece à fada Nininha
Por não estar mais sozinha

Descobriu a importância
De ser e ter muitos amigos
E de tantos que arrumou
Fez um grupo de bailado

Ensinou todas as florinhas
Dançar para a Mãe Natureza
Os passinhos compassados
Bailam com muita  leveza

A florzinha está contente
Em viver com os amiguinhos
No  imenso  jardim florido
Cujo nome é Amizade!.


(Ana Stoppa)
 

Copyright©2012. Todos os direitos reservados
Vedado copiar, distribuir, exibir, executar, criar
obras derivadas, nem fazer uso comercial desta obra
sem a permissão da Autora.

 

Comentários

comentário

chica | 25/06/2012

Linda florzinha.Linda poesia!beijos,chica

Novo comentário

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!