A Nova Casa Da Tartaruga Jussara

A Nova Casa Da Tartaruga Jussara

Passa sem pressa na praça
A tartaruguinha Jussara
Em busca de um novo ninho
Para abrigar seus filhinhos

Jussara que é muito educada
Cumprimenta as borboletas
A grande família de grilos
E os faceiros esquilos


Já passa do meio dia
Quando encontra a cotia
Junto com o bicho preguiça
Nos folguedos da alegria

A festá é contagiante
Jussara se põe a cantar
Cotia então a convida
Para na brincadeira entrar

O grupo passeia na praça
Observando as placas
Atravessam com atenção
Obedecem a sinalização

Avistam o Jabuti Jambo
Morador antigo da praça
Caminhar com dificuldades
Respeitam a prioridade

Oferecem um banquinho
A água fresca da fonte
Um pote de frutas frescas
Muitos gestos de carinho


O Jabuti que é velhinho
Comovido agradece
Abraçando os três amigos
Diz – Podem contar comigo!


A lua já se espreguiçava
Para acordar as estrelas
Quando os três amigos
Chegaram enfim na praça.

Jussara então pediu auxílio
Para construir a nova casa
Além da preguiça e cotia
Vieram esquilos e grilos

Quando tudo ficou pronto
Jussara trouxe os filhotes
Convidou-os para a prece
É assim que se agradece!



(Ana Stoppa)

 

Copyright©2012. Todos os direitos reservados
Vedado copiar, distribuir, exibir, executar, criar
obras derivadas, nem fazer uso comercial desta obra
sem a permissão da Autora.

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!